Close

6 Benefícios da construção de infraestruturas sustentáveis

Os engenheiros civis usam o Envision para aprender como incorporar iniciativas sustentáveis ​​em suas práticas de construção. A ferramenta fornece recursos gratuitos para design, construção e manutenção sustentáveis.

Benefício 1: ar mais limpo

mais limpo

Ambientalistas comumente discutem maneiras de reduzir a poluição do ar e as emissões de dióxido de carbono. [3] O consumo de energia diminuído e as fontes de energia renováveis ​​contribuem diretamente para melhorar a qualidade do ar.
As principais áreas urbanas sofrem maior exposição aos contaminantes do ar, dióxido de enxofre e óxido de nitrogênio. O tráfego excessivo, juntamente com as abundantes emissões industriais e de usinas de energia, combinam-se para produzir uma qualidade do ar que não é segura para as populações metropolitanas.

As emissões de dióxido de carbono também ameaçam o clima global com a produção prejudicial de gases de efeito estufa. Mesmo que demore muito tempo para o dióxido de carbono induzir a mudança climática planetária, o mesmo acontece com o reparo dos danos, o que torna a redução dos gases do efeito estufa uma preocupação real e atual.

Benefício 2: Redução de Resíduos Sólidos

Os consumidores dos Estados Unidos produzem 230 milhões de toneladas de lixo anualmente. Quase 30 por cento de todos os resíduos resultam de projetos de construção na forma de:
• Cartão
• Concreto
• Drywall
• Isolamento
• Metal
• Papel
• gesso
A maior parte do material de construção permanece sem ser e é fácil de reciclar. À medida que a produção de reciclagem cresce, mais empresas fabricam produtos de construção renováveis. Infraestrutura de reciclagem sustentável incorpora práticas de redução de resíduos, tais como:

 

Água Reduzido
• Gerenciamento de subprodutos de construção
• gestão reciclável
• Uso de material reciclado
• Mitigação de resíduos
Por exemplo, engenheiros civis usaram essas práticas ao construir a Biblioteca Regional da Nova Inglaterra para reduzir a dependência de aterros sanitários e economizar nos custos de construção. Uma vez que a estrutura do edifício é aberta para operação, alguns resíduos do consumidor também são recicláveis.

Benefício 3: Redução do Impacto do Ecossistema

O design sustentável reduz a dependência de recursos naturais. Alguns projetos sustentáveis ​​economizam recursos através da construção de reaproveitamento ou remediação de contaminação de terras. Os engenheiros civis praticam a seleção sustentável de locais, evitando os recursos naturais da terra; como regiões agrícolas, habitats de animais e planícies de inundação.

Benefício 4: Diminuição do Consumo de Energia

 
A engenharia sustentável normalmente resulta em uma economia de energia de cerca de 37% de recursos como o aumento da luz natural, que diminui a necessidade de iluminação diurna e de economia de energia, reduzindo o consumo de energia ao usar luzes artificiais. Recursos combinados de infraestrutura sustentável criam uma sinergia entre componentes mecânicos que produzem consideráveis ​​economias de energia.

Benefício 5: Consumo de Água Reduzido

Os engenheiros civis projetam recursos de construção sustentáveis ​​que usam menos água, como mictórios sem água, sem vasos sanitários e chuveiros de baixo fluxo. Os donos de propriedades recuperam os investimentos em recursos hídricos sustentáveis ​​em cerca de três anos, o que gera apenas 40% em despesas com serviços de água, em comparação com os equipamentos tradicionais de encanamento. Muitas instalações federais que incorporam recursos hídricos sustentáveis ​​experimentam esse resultado. Os engenheiros civis que praticam projetos sustentáveis ​​de infra-estrutura também incorporam tecnologias de economia de água que dificultam a quantificação da economia, mas que não são possíveis de se descontar, como torres de resfriamento de produção de água, sistemas de refrigeração e sistemas de caldeiras.

 

Benefício 6: Maior Longevidade Construtiva

Projetos sustentáveis ​​aumentam a longevidade estrutural, e os proprietários poupam em custos de construção renovando e reorientando as estruturas existentes. Como tal, engenheiros civis sugerem que as estruturas devem permanecer seguras e funcionais por 200 a 300 anos.